Chinesa State Power negocia 2 hidrelétricas e 2 termelétricas no país

19-10-2018

SÃO PAULO

O A chinesa Spic (State Power Investment Corporation) está negociando a aquisição de mais duas hidrelétricas e duas termelétricas no Brasil, disse uma pessoa com conhecimento sobre a questão.

Uma das hidrelétricas é a usina Três Irmãos, de 800 megawatts no estado de São Paulo, controlada pelo grupo de infraestrutura brasileiro Triunfo Participações e Investimentos (TPI), disse a fonte, que pediu anonimato.

O jornal Valor Econômico reportou as negociações sobre a usina Três Irmãos na quinta-feira (18). A State Power e a Triunfo não quiseram comentar o assunto.

A fonte acrescentou, porém, que as negociações com a Triunfo não seriam fáceis, porque a empresa foi mencionada por promotores brasileiros neste mês por não colaborar com investigação sobre um caso de corrupção envolvendo operações rodoviárias.

Torre transmissao energia eletrica

Torres de transmissão de energia elétrica – Folhapress

A companhia estatal chinesa deve apresentar oferta até o fim deste mês pelo controle da hidrelétrica Santo Antônio, em Rondônia. As negociações de compra se estendem por quase dois anos.

A State Power está considerando também fazer uma oferta por duas usinas termelétricas de carvão detidas pela francesa Engie, em Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

A Engie, que colocou as usinas à venda há seis meses, disse que o processo de venda está “acontecendo”.
A presidente da State Power no Brasil, Adriana Waltrick, disse à Reuters em maio que a empresa queria continuar a investir em aquisições após pagar US$ 2,25 bilhões (R$ 8,34 bilhões) por uma licença para operar a usina hidrelétrica São Simão, anteriormente da Cemig.

BNDES

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou o financiamento de R$ 181 milhões para obras de reforço da interligação elétrica e energética da região Centro-Oeste, com melhoria no sistema de transmissão no Baixo Araguaia e na região norte de Mato Grosso, informou o banco nesta sexta-feira (19).

O financiamento será destinado à Canarana Transmissora de Energia, controlada pela State Grid Brazil, braço da chinesa State Grid.

“O projeto possibilitará condições mais favoráveis para o desenvolvimento regional e o crescimento econômico das atividades agroindustriais típicas do estado de Mato Grosso”, disse o BNDES em comunicado.

O investimento total nas obras de interligação será de R$ 311,6 milhões, sendo 56% composto por financiamento direto do BNDES e 19% de debêntures de infraestrutura.

Fonte: Folha de S.Paulo

Fique sempre atualizado!

Faça seu cadastro e receba nossos informativos, eventos e cursos.

Torne-se um associado

Conheça os benefícios de ser um associado ABESCO

Como se associar