CJF aprova Manual de Sustentabilidade e Eficiência Energética

09-03-2018

O Conselho da Justiça Federal (CJF) aprovou a proposta de resolução que estabelece o primeiro Manual de Sustentabilidade e Eficiência Energética a ser aplicado na Justiça Federal de primeiro e segundo graus e no próprio CJF.

Com o objetivo de indicar orientações para projetos, construções e reformas de edificações, estabelecendo padrões mínimos de sustentabilidade e eficiência energética, o manual se tornará um instrumento de consulta obrigatória para a contratação futura de obras e serviços de engenharia.

Elaborado por um grupo composto por servidores representantes dos tribunais regionais federais (TRFs) e das seções judiciárias da Justiça Federal, o documento está de acordo com a Resolução n° 201/2015 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que dispõe sobre a criação de unidades socioambientais nos órgãos e conselhos do Poder Judiciário e estabelece a implantação do respectivo Plano de Logística Sustentável (PLS-PJ).

Dentre as diretrizes, pode-se destacar o isolamento térmico das fachadas, mediante uso de vidros especiais para controle solar; utilização da ventilação natural; uso de fontes de energia alternativas, tais como energia solar fotovoltaica e energia eólica, e medidas para promoção de economia de energia, como a utilização de equipamentos mais eficientes.

O Manual de Sustentabilidade e Eficiência Energética será disponibilizado em breve nos portais eletrônicos do CJF e da Justiça Federal.

* Com assessoria de imprensa do Tribunal Regional Federal da 1ª Região

Fonte: Procel Info

Fique sempre atualizado!

Faça seu cadastro e receba nossos informativos, eventos e cursos.

Torne-se um associado

Conheça os benefícios de ser um associado ABESCO

Como se associar